ESCOLAS PRECÁRIAS DO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE VARGAS INVIABILIZAM O INÍCIO DO ANO LETIVO DE 2022.

março 13, 2022 0

Os alunos da EMEB Benedito Leandro do Lago, relataram que: "Falta de água, que a gente não tem, calor insuportável, que é extremamente quente à tarde".
Outro problema relatado pelos alunos é em relação às aulas de Educação Física. Por causa da estrutura inadequada, a quadra poliesportiva ao lado da Escola, que vem desde a gestão da ex-prefeita Aninha e nunca foi concluída, que poderia solucionar o problema, continua sem solução, se tornando de fato um elefante branco e com isso: "É uma quadra totalmente inadequada para a prática esportiva. Está bem danificada. Corremos riscos porque acaba atraindo usuários de drogas, nas horas das atividades”.
"As aulas em pleno final de março ainda não iniciaram, porque o “Governo da Mudança, iniciou as reformas há mais de 03 (três) meses e não tem previsão de conclusão e os alunos estão submetidos a estudar no Farol da Educação. Sem falar nos riscos que os alunos estão correndo de serem picado por cobras peçonhentas de tanto mato que tem aos arredores do farol da Educação.
E outras escolas estão com problemas iguais ou piores que a Escola Benedito Leandro do Lago, como é o caso da Escola Municipal Iscolate Aguiar, no Povoado Boa Hora, mencionado aqui em matéria anterior, a reforma iniciada no mês de maio de 2021, pela atual gestão, se arrasta por mais de dez meses, obrigando os alunos a estudarem em capelas da comunidade. Não, se sabe, o motivo da paralização, mas segundo comentários, a obra foi paralisada por falta de pagamento da empresa contratada e com isso não se pagou os pedreiros. Não precisa ser especialista na área que a paralização da obra nesse período chuvoso coloca em risco a estrutura do prédio e põe em risco a vida de quem frequenta o local.
REVEJA
http://www.blogdamucambo.com/2022/02/o-futuro-comecou-na-educacao-de.html

A Escola São José do povoado Gaiola Grande enfrenta problemas graves na estrutura do prédio, que precisa de obras emergenciais. No entanto, essa comunidade tem um vereador que é da base aliada da Prefeita Fabiana Figueiredo, mas até agora não se sabe ou se ouviu um pedido do Vereador Riba da Gorete, filho daquela comunidade.
Os Professores daquela escola ao falarem com o titular do Blog, assim se manifestaram: "Nós estamos exigindo a suspensão de qualquer trabalho presencial na escola e que façam a reforma imediatamente. Como muitas precisam ser reconstruídas, que aluguem um prédio, remanejem os alunos para garantir o retorno das aulas presenciais escalonadas, mas em outro espaço. É preciso reformar as escolas imediatamente".
Aqui fica o espaço pra atual administração ou a secretaria de educação como o direito de resposta.
NOTA DA PREFEITURA 

A versão da prefeitura

Após a divulgação da matéria expondo as reclamações de alunos e professores sobre a falta de infraestrutura de várias escolas prevarguenses, a prefeitura anunciou,  nesta segunda-feira, por meio de sua assessoria de comunicação, o início das reformas nas escolas da zona urbana e rural do município.

Veja um trecho do texto veiculado

[...] "As manutenções se iniciaram no dia 04/03 e se prolongaram até a conclusão das obras. Repintando corredores e salas de aula, trocando pisos e revestimento, e solucionando problemas estruturais as restaurações tem se mantido bem sucedidas. As escolas também passam por serviços de capina, poda e limpeza. O retorno presencial é garantido pela prefeitura, e está sendo feito com todo cuidado e responsabilidade necessários".

Apesar do anúncio, a prefeitura não detalhou se as escolas citadas na matéria estão incluídas no cronograna de obras.

JORNALISTA:JOSINALDO SOARES 
REGISTRO:0001662/MA

0 Comentarios "ESCOLAS PRECÁRIAS DO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE VARGAS INVIABILIZAM O INÍCIO DO ANO LETIVO DE 2022."