Acusado de matar, esquartejar e atear fogo no corpo de mulher em Itapecuru-Mirim é condenado a 18 anos de prisão

agosto 26, 2021 0


Daniel quando foi preso em 2020.
Em julgamento realizado nesta quarta-feira (25), na Câmara Municipal de Itapecuru-Mirim, o réu Daniel Araújo da Silva, de 25 anos, foi condenado a 18 anos de reclusão em regime fechado pelo assassinato da adolescente Kailane Nascimento de Araújo, de 17 anos.


De acordo com a juíza Jaqueline Cunha, que conduziu o tribunal do júri, o conselho de sentença condenou o réu pelos crimes de homicídio triplamente qualificado. As qualificadoras foram: motivo torpe, asfixia e ocultação de cadáver, além de reconhecimento da prática do feminicídio. O condenado cumprirá a pena no Presídio de Pedrinhas.

O crime

Em março de 2020 Daniel Araújo assassinou, esquartejou e ateou fogo no corpo de Kailane, com quem mantinha um relacionamento. O crime bárbaro aconteceu no Bairro Torre, em Itapecuru-Mirim. O caso, que revoltou toda sociedade itapecuruense, ganhou destaque na imprensa estadual após publicação feita pelo nosso blog.

JORNALISTA:Josinaldo Soares REGISTRO:0001662/MA 

0 Comentarios "Acusado de matar, esquartejar e atear fogo no corpo de mulher em Itapecuru-Mirim é condenado a 18 anos de prisão"